Celular caiu na água? Seja rápido!

Eu sei, é desesperador quando o celular cai na água. O coração chega a palpitar, né? E a gente quer logo ligar para ver se está tudo funcionando direitinho. Mas NÃO faça isso! Não tente ligá-lo e muito menos colocá-lo para carregar. Caso ele ainda esteja funcionando, desligue-o. Em um primeiro momento essa dica pode parecer óbvia, mas não é, eu juro! Para se ter uma ideia, a água leva apenas 20 segundos para entrar no celular todinho e, se ele estiver ligado, pode ocorrer um curto circuito e queimar a tela e a placa.

Retire tudo que puder do aparelho, chip, cartão de memória e até a bateria e seque-os imediatamente. O contato com a água pode causar a oxidação dos componentes e, se não for corrigido a tempo, o aparelho pode deixar de funcionar. Então, seja rápido! Mas não tente usar um secador de cabelos para acelerar o processo, ele pode ser um vilão, danificar as peças e causar um estrago ainda maior.

O ideal é levar o celular a uma assistência técnica para que seja feita a desoxidação. O especialista poderá avaliar os danos e corrigi-los. Se não puder fazer isso imediatamente recorra ao bom e velho pote de arroz, que vai ajudar absorver a umidade interna e você ganhará um tempinho até encontrar um profissional para ajudá-lo. Mas lembre-se, essa é uma medida provisória.

Vale esclarecer que a retirada da oxidação não é um processo permanente. Ela pode voltar e seu celular começar a apresentar outros problemas. Então, fique alerta! Acidentes acontecem, mas todo cuidado quando se trata de água é pouco!

 

 

© Conecta Cell
Desenvolvido por Agência Foca